• A Coruja,  A Hemodializada

    Esta semana tem sido complicada. O marido foi de viagem. E eu por algum motivo que ainda não descobri não tenho me sentido muito bem.Não é invulgar o facto de vez em quando o nosso organismo reagir menos bem à diálise. Uma bomba que 3 vezes por semana, bombeia o sangue para fora do nosso corpo, filtra o sangue e bombeia de novo para dentro do nosso corpo. Este entra e saí obriga o coração a trabalhar de uma forma não natural. Muitas vezes acabando por ficar mais cansado. Assim é como ando, mais cansada e com algumas dificuldades a respirar. Noto que não tenho conseguido tirar os líquidos na…

  • A Coruja

    Ainda sobre as vacinas…

    Nem de propósito, depois da história da vacina para meninos contra o papilomavírus humano. Pais que não vacinam as crianças e que acreditam piamente na teoria da conspiração. Para mim a vacinação deveria de ser obrigatória. E mesmo as que são fora do plano Nacional de Saúde apesar de opcionais também devem ser dadas. Uma criança protegida pode salvar a sua própria vida ou a de outro alguém que devido a questões de saúde terem o sistema imunológico comprometido e não poderem levar as vacinas. Leiam o post escrito pela A Soberana , pois está bastante esclarecedor sobre este assunto das vacinas. E por aí? Qual a vossa opinião sobre…

  • A Corujita

    Vacina contra o papilomavírus humano no sexo masculino

    Sabiam que os meninos também podem levar a vacina contra o papilomavírus humano? Pois eu não! Sempre pensei que era uma vacina para as meninas, para prevenção do cancro do colo do útero. Hoje fui com o piolho a uma consulta de rotina e levar a vacina dos 10 anos. No fim o médico e a enfermeira questionaram se eu queria dar a vacina contra o papilomavírus humano. Explicaram-me que prevenia o facto dos meninos quando iniciarem a sua vida sexual poderem transmitir este vírus , como também para sua protecção directa e indirecta. A vacina é dada em duas doses num intervalo de 6 meses. Quando me disseram o…

  • A Hemodializada

    As partidas da vida

    A vida é feita de obstáculos! Por vezes aparecem-nos surpresas na vida com a qual não contamos. Planeamos uma vida, uma família, vamos construindo os alicerces das fundações dessa família. Tens filhos, adaptas todo o teu mundo em função deles e mais uma vez adaptas-te às necessidades constante das crianças ainda bebés. Quando finalmente estás estável no ambiente familiar tentas dar mais na tua carreira, investir e tentar um lugar melhor… tudo está de feição… tudo correr para o melhor. Sonhas que mais uns tempos e podes tentar novamente um gravidez como desejas. Mas a vida gosta de pregar partidas, então leva-te ao hospital onde te diagnosticaram com insuficiência renal.…

  • A Hemodializada

    Eu não sou doente!

    Hoje ao encontrar um amigo da minha sogra, ele perguntou-me como é hábito como estava, como andava? Pergunta habitual de quem não me vê há muito tempo. Respondi que bem, como sempre.  Então a minha sogra responde que nem parece que eu sou doente. Ao que eu retribuo logo: – Mas eu não sou doente! Posso não ter 2 rins! Mas doente não sou! E é verdade! Não me sinto doente e não o sou! Sou alguém com algumas capacidades limitadas e para mim todos nós temos certos limites. Certas incapacidades, uns mais que outros. Depois de ser diagnosticada deparei-me que a sociedade descrimina as pessoas com capacidades limitadas. E isso…